top of page

ESPECIAL: INVESTIDA POR LIA AGUIAR, MERAKI CAPITAL TRAÇA PLANOS PARA ALÉM DO PRIMEIRO BILHÃO

Por Ernani Fagundes




São Paulo, 05/04/2021 - Os três sócios-fundadores da Meraki Capital Asset Management , Roberto Reis, Stefan Darakdjian e Luiz Goshima apostam nas plataformas de investimentos e no público de famílias ricas para crescer em 2021. A gestora dedicada à renda variável, que iniciou suas atividades no último mês de fevereiro já nasceu com um capital de R$ 1,3 bilhão sob gestão, impulsionada pela entrada da sócia-investidora Lia Aguiar, filha do fundador do Bradesco, Amador Aguiar, que possui 25% do capital da asset, e pelo capital de um grupo de famílias ricas.


"Em breve, vamos estar com nossos fundos em todas as plataformas de investimentos. Já estamos em contato com as principais e esse processo deve levar alguns meses", revelou Stefan Darakjian, em entrevista ao Broadcast .

O diretor de investimentos, Roberto Reis, contou que todo dia é surpreendido positivamente com a entrada mais clientes pela plataforma BTG Pactual Digital, a primeira parceria da gestora. "Estabelecemos um tíquete bem acessível para esse público, R$ 1 mil, para democratizar bem o acesso", disse Reis, que já trabalhou na Santander Asset. Ele completou que a maioria dos 11 integrantes da equipe atuava antes no Santander Asset e na Bram (Bradesco Asset Management). Entre as informações técnicas divulgadas pelos sócios, os fundos Meraki Long Biased e Meraki Equity Hedge possuem taxas de administração de 2% ao ano, com 20% de taxa de performance do que exceder os benchmarks (IPCA + prêmio do Ima-B; e DI respectivamente).


Sobre o ambiente para investimentos, Reis argumentou que o andamento da vacinação no Brasil tende a favorecer papéis de empresas que foram afetadas pela pandemia. "Pode demorar mais um ou dois meses, mas com o andamento da vacinação e o fim das quarentenas esses setores prejudicados pela pandemia tendem a se recuperar", apontou o diretor.

Reis contou que o fundo Long Biased aumentou recentemente sua posição em setores ligados ao turismo e transporte aéreo. "Estão muito baratos, turismo, aéreas, assim como educação e vesturário. Mas também temos na carteira papéis de empresas de forte crescimento, bancos digitais e do e-commerce", completou o diretor.




Comentarios


Los comentarios se han desactivado.
bottom of page